Instituição
  • A+
  • a-

HISTÓRIA DA DIOCESE DE VIANA

Na década de 40, Dom Carlos Campelo de Vasconcellos Motta, arcebispo do Maranhão, visitou a paróquia de Viana. Surgiu a ideia da criação da Diocese de Viana. O Pároco, Pe Manoel Nunes Arouche iniciou a construção do Bispado.

Dom Carlos Campelo foi para São Paulo e somente em 1962, o ilustre Arcebispo de São Luís, Dom José de Medeiros Delgado retornou o assunto. Sendo Pároco de Viana, Pe. Eider Furtado da Silva, foi criada a diocese de Viana pelo Santo Padre o Papa João XXIII.

A nova diocese era composta pelas paróquias de São Bento de Bacurituba, São Vicente Ferrer, São Sebastião de Matinha, Nossa Senhora da Conceição de Viana, São José de Penalva, São Francisco Xavier, de Monção; São Pedro Apóstolo de Pindaré Mirim.

Os padres eram: Pe. Francisco Chagas Vasconcellos, Pe. Heitor Piedade Júnior, Pe. Wilson Nunes Cordeiro e Pe. Eider Furtado da Silva.

O primeiro Bispo Sagrado em 1963 foi Dom Hamleto Di Angelis, que morreu em 1967.

Mons. Mário Cuomo foi então nomeado administrador da diocese até a designação do novo bispo.

Em 1969 foi eleito o segundo bispo da diocese Dom Francisco Hélio Campos, que morreu em 1975.

Dom Adalberto Paulo da Silva, terceiro bispo, toma posse em 1975 foi transferido para Fortaleza - CE.

Dom Ricardo Paglia, Bispo de Pinheiro, nomeado como administrador da Diocese vem continuar o pastoreio desta Igreja Particular.

Dom Xavier, então bispo auxiliar de São Luís, tomou posse no dia 20 de março de 1998.

Atualmente a Diocese de Viana é composta das seguintes paróquias: Bacurituba, Cajaipó, São Vicente, São João Batista, Olinda Nova do Maranhão, Matinha, Penalva , Pedro do Rosário, Viana Catedral e Viana Nazaré, Cajari, Vitória do Mearim, Conceição do Lago Açu, Igarapé do Meio, Bela Vista, Monção, Pindaré Mirim, Santa Inês, São Cristovão, Santo Antônio, Tufilândia, Santa Luzia, Alto Alegre do Pindaré, Buriticupu e Bom Jesus das Selvas.