Notícias › 04/06/2018

Em encontro com luteranos, Papa reitera valor do ecumenismo

O Papa Francisco recebeu em audiência na manhã desta segunda-feira, 4, uma delegação da Igreja Evangélica Luterana Alemã. Em seu discurso na ocasião, Francisco reiterou o valor do caminho do ecumenismo entre ambas as Igrejas.

O Papa recordou a comemoração conjunta – luterano-católica – dos 500 anos da Reforma, ocasião que o levou a Lund, na Suécia, em 2016. “A comemoração comum da Reforma nos confirmou que o ecumenismo continuará a marcar o nosso caminho. Isso está sempre mais se tornando uma necessidade e um desejo, como mostram as várias orações em comum e os tantos encontros ecumênicos que aconteceram no ano passado no mundo”, disse o Papa. 

Nesse caminho ecumênico, Francisco destacou a necessidade de partir da oração, uma vez que não são os projetos humanos, mas sim o Espírito Santo a indicar o caminho. Ele ressaltou ainda que, como cristãos, católicos e luteranos são chamados ao amor recíproco, bem como a aliviar, juntos, as misérias dos necessitados e dos perseguidos. “O sofrimento de tantos irmãos oprimidos por causa da fé em Jesus são também um convite a alcançar uma sempre mais concreta e visível unidade entre nós. O ecumenismo de sangue”.

Também em seu discurso o Pontífice exortou católicos e luteranos a se apoiarem uns aos outros no caminho, levando adiante o diálogo teológico. “Nenhum diálogo ecumênico pode avançar se ficamos parados. Devemos caminhar, prosseguir”, observou.

“Que o Senhor nos acompanhe, para que o nosso ser cristão seja mais centrado Nele e corajoso na missão; para que o cuidado pastoral se enriqueça de serviço e, nas suas várias dimensões, seja mais imbuído de espírito ecumênico. Invoco sobre todos vocês a benção do Senhor: desça o Espírito Santo e reúna aquilo que ainda está dividido”.

Por Canção Nova, com Boletim da Santa Sé

Imprimir

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *