Sabor da Palavra
  • A+
  • a-

"Cuidado! não pratiqueis vossa justiça"

Mateus 6,1-6.16-18

- O Senhor esteja convosco

- Ele está no meio de nós

- Evangelho de Jesus Cristo, segundo Mateus

- Glória a Vós, Senhor.


"Cuidado! não pratiqueis vossa justiça na frente dos outros, só para serdes notados. De outra forma, não recebereis recompensa do vosso Pai que está nos céus. Por isso, quando deres esmola, não mandes tocar a trombeta diante de ti, como fazem os hipócritas nas sinagogas e nas ruas, para serem elogiados pelos outros. Em verdade vos digo: já receberam sua recompensa. Tu, porém, quando deres esmola, não saiba tua mão esquerda o que faz a direita, de modo que tua esmola fique escondida. E o teu Pai, que vê no escondido, te dará a recompensa. "Quando orardes, não sejais como os hipócritas, que gostam de orar nas sinagogas e nas esquinas das praças, em posição de serem vistos pelos outros. Em verdade vos digo: já receberam a sua recompensa. Tu, porém, quando orares, entra no teu quarto, fecha a porta e ora ao teu Pai que está no escondido. E o teu Pai, que vê no escondido, te dará a recompensa. "Quando jejuardes, não fiqueis de rosto triste como os hipócritas. Eles desfiguram o rosto, para figurar aos outros que estão jejuando. Em verdade vos digo: já receberam sua recompensa. Tu, porém, quando jejuares, perfuma a cabeça e lava o rosto, para que os outros não vejam que estás jejuando, mas somente teu Pai, que está no escondido. E o teu Pai, que vê no escondido, te dará a recompensa.

REFLETINDO A PALAVRA

Queridos irmãos e irmãs, bom dia!

Que mensagem linda essa de hoje e porque não dizer, uma lavagem para quem quer viver uma vida de acordo com os preceitos de Deus.

Ao fazer essa Leitura, a mesma me fez voltar à minha adolescência quando meu avô uma vez me disse: - “Filho, pratique o bem sem olhar a quem. O pior homem é aquele que fala alto pra que todos o veja, só que suas palavras termina indo com o vento”.

Lembro-me que na época eu pouco entendia o que o mesmo queria me dizer com aquelas palavras.

Hoje, no mundo em que vivemos e observando alguns fatos, vemos que são muitos os que praticam tal ato. Quanta ignorância.

Dia desses ao conversar com uma família, vi como aquele casal queria mostrar para a sociedade como se dava o relacionamento deles. Era a coisa mais linda. Mas para quem os conheciam sabia que a realidade era outra. A igreja era trocada pelo bar. E o pior: a infidelidade conjugal entre ambos era dos mais profundos.

E a gente pode concluir esse momento dizendo o que o Senhor nos fala: “Homem, se volta para Deus. Reconhece-O como teu protetor”. Valorizemo-nos mais. Amemo-nos. Quando nos doamos, estamos nos conciliando com Deus.

Dar esmola e depois ficar em praças se vangloriando são coisas pra fracos e falsos.

Que Deus te abençoe.


Francisco Cavalcante Rolim