Sabor da Palavra
  • A+
  • a-

" A fé de um ladrão"

O elemento que nos move " Fé"

Evangelho de Jesus Cristo Segundo São Lucas 23,42-43

E acrescentou: "Jesus lembra-te de mim, quando tiveres entrado no teu Reino"!

Jesus respondeu-lhe: Em verdade te digo: hoje estarás comigo no paraíso

Hoje, em uma sociedade cada vez mais longe da verdadeira fé cristã, trago a lembrança desse momento de fé espetacular, sim essa é a palavra, “ESPETACULAR”.

fé é o firme fundamento da esperança, a prova das coisas que não se vêem. Hb, 11-1

Neste momento da história, não se via ali o Cristo, que curava, que ressuscitava os mortos, expulsava demônios, curava os leprosos, cegos, coxos e aleijados, o “Cristo Glorioso”. Tinha-se um homem humilhado, maltratado, excluído, “Um derrotado”.

Como crer em alguém nesse estado, nessa situação, digo com clareza não sei se minha fé seria grande o bastante.

Mais a de Dimas foi! ele acreditou em alguém em sua mesma condição naquele momento, ele teve firmeza em crer, teve esperança onde se via o contrario.

Fé não é para medroso, para acomodado, fé é pra guerreiro, o que teria acontecido com o cego de Jericó, se quando disseram a ele, “cala” ele calasse, não gritasse ainda mais, com mais força, com mais coragem, com mais esperança com mais firmeza.

E se a mulher não fosse firme em se arrastar pelo chão, com uma única certeza no coração, “se eu tocar apenas na orla do seu manto serei curada

Certamente o que aconteceu ao jovem rico, “vai, vende tudo e segue-me”.

Faltou coragem, Faltou firmeza, faltou esperança, faltou FÉ.

Não houve o milagre.

E não haverá!

Repense a sua fé, seja guerreiro na esperança.

Raimundo Filho - RCC Paróquia Santa Inês