Reflexão Diária
  • A+
  • a-

Espírito Santo age em mim

Quero partilhar algo lindo.

Normalmente a gente lê mas não reflete a grandeza daquilo que estamos lendo.
Estava em oração, quando me veio no coração um canto do Espírito Santo e através dele fui imaginando como o Espírito Santo age em mim. Uma palavra soou intensamente,"defensor". Então, fui pesquisar e vi que existe 18 versículos na bíblia com a expressão "defensor".
Já no novo testamento são cinco versículos, que transcrevo e comento sobre o que Deus foi-me mostrando.
"E eu pedirei ao Pai, e ele vos dará um outro Defensor, que ficará para sempre convosco: (São João 14,16)"

Quando Jesus disse isso aos discípulos, Ele estava prestes a ser crucificado e, isso significa que enquanto Jesus estava com eles, ele era o defensor deles.

"Mas o Defensor, o Espírito Santo que o Pai enviará em meu nome, ele vos ensinará tudo e vos recordará tudo o que eu vos tenho dito. (São João 14,26)".

Então, é muito claro, o Espírito Santo vai nos ensinar tudo. Ele não disse que ele ensinará um pouco, ele disse, ensinará tudo. Tudo é tudo.

Precisamos configurar essa palavra em nós, ele vos ensinará tudo. Veja bem, a seguir, Jesus ainda diz, que o Espírito vai fazer com que eles se lembrem de tudo.

Além de instruir vai fazer com que as pessoas se lembrem de tudo o que ouviram.

E qual a forma que Jesus tem para falar conosco hoje? Através da palavra de Deus.

Isso significa que a palavra de Deus é o meio pelo qual tudo aprendo e que o Espírito Santo é o instrutor, pois ele ensina. 

Defensor, é aquele que nos defende, é aquele que quando vai ter uma audiência nos instrui diante do juiz, para que não falemos ou façamos algo errado.

Veja, que maravilha, tenho um advogado especial, um advogado que me instrui sobre tudo e quando esqueço ele me faz recordar o que é necessário.

Então meus amados, temos preocupado demais, ao passo que deveríamos era ler mais a bíblia.

“Quando, porém, vier o Defensor que eu vos enviarei da parte do Pai, o Espírito da Verdade, que procede do Pai, ele dará testemunho de mim. (São João 15,26)”
É simplesmente incrível, além de me instruir, de me fazer recordar o Espírito Santo que habita em mim fará com que eu dê testemunho de Jesus.
“No entanto, eu vos digo a verdade: é bom para vós que eu vá. Se eu não for, o Defensor não virá a vós. Mas, se eu for, eu o enviarei a vós. (São João 16,7)”.
Podem ver que enquanto Jesus estava com os discípulos, ele era o defensor, mas não habitava dentro dos discípulos, tanto é verdade, que eles não tinham entendimento, eram medrosos, faziam muita coisa errada.
Por isso, Jesus disse que era bom que ele fosse, pois se assim não ocorresse eles não receberiam o Espírito Santo.

"Meus filhinhos, escrevo isto para que não pequeis. No entanto, se alguém pecar, temos junto do Pai um Defensor: Jesus Cristo, o Justo. (I São João 2,1)."
Em João, há um conforto maior ainda, porque nos mostra que além do Espírito Santo, temos também, Jesus como defensor.
Jesus Cristo nos defende junto ao pai, quando pecamos. Tanto é verdade, que Jesus disse a Pedro: Pedro, eis que satanás queria-te peneirar como trigo, mas eu roguei ao pai para que a tua fé não desfaleça.
Assim, temos dois defensores junto ao Pai.
Continuando em João 14, 23-24 Jesus respondeu-lhe: “Se alguém me ama, guardará a minha palavra; meu Pai o amará, e nós viremos e faremos nele a nossa morada.Quem não me ama, não guarda as minhas palavras. E a palavra que ouvis não é minha, mas do Pai que me enviou”.
Significa então, que só ama a Jesus quem guarda a sua palavra e quando isso acontece tanto ele quanto o pai faz morada naquele que pratica, naquele que obedece a palavra de Deus. A palavra quem sempre envia é Deus. É o pai que envia a palavra, Jesus sempre deixou isso claro.
O respeito e a obediência de Jesus ao pai são admiráveis.
Portanto, entendemos que quem lê a palavra de Deus e a pratica, é feliz, pois tem a presença do Pai, do Filho e do Espírito Santo, pois os três fazem morada naquele que lê a bíblia e coloca em prática os ensinamentos que ali contém.