Notícias da Diocese › 24/07/2019

Santas Missões Populares chega a sua 13ª edição na Igreja Matriz Santa Inês

 

Semana Missionária é comemorada com animação em todas as comunidades da paróquia

 

“Estamos celebrando 13 anos de missões em nossa Igreja. Este evento veio para mudar e solidificar a Igreja Matriz com suas comunidades, com sua forma de ser, sua forma de caminhar”, destacou o pároco, Padre Joelson Gomes, em sua homilia na Missa de abertura da Semana Missionária, iniciada no último domingo (21).

Segundo a coordenação paroquial, este ano a programação reflete o tema: “Batizados e enviados: Igreja de Cristo em Missão, 50 nos neste chão”, em comunhão com o Mês Extraordinário da Missão, que será celebrado em outubro deste ano, os 50 anos da Igreja Matriz, além do Jubileu da presença dos Padres Dehonianos no Maranhão. “Queremos reafirmar nossa identidade de Paróquia Missionária edificada neste solo, através do esforço de muitos leigos, missionários, religiosos e religiosas, que iniciaram a história que até hoje, todos nós, somos chamados a escrever”, ressaltou.

As Santas Missões Populares fazem parte do projeto de evangelização da Diocese de Viana e de acordo com o Conselho Missionário Paroquial (COMIPA) da Paróquia Santa Inês, a programação do 13º Aniversário se estende até o dia 27, com celebrações, visitas, caminhadas e alvoradas pelas comunidades.

Durante a Semana acontece missas em todas as Comunidades. Além dos padres da Igreja Matriz Santa Inês, este ano a programação conta com a participação de padres de outras paróquias, Frater, seminaristas e missionários leigos. A coordenadora do Conselho Missionário Paroquial, Marli da Conceição Coelho, explica que este é um tempo forte de evangelização. “Pedimos que todos levem a sério esta Semana Missionária e que sejam fiéis a esta proposta, sem desanimar e sem deixar de viver a alegria e o entusiasmo próprios de missionários que servem com amor e com disposição espiritual para andar com os possíveis desafios da caminhada”, finalizou.

 

ROMARIA DAS COMUNIDADES – Parte integrante do aniversário das missões é a Romaria das Comunidades que acontece no encerramento, conforme programação:

  • 5h: Alvorada festiva saindo da Praça da Matriz em direção ao bairro Nova Jerusalém, encerrando com o Café Comunitário;
  • 16h: Concentração com animação e acolhida das comunidades na Praça da Matriz;
  • 17h: Grande Romaria das Comunidades pelas ruas da cidade, seguida da Missa Campal presidida pelo Bispo Diocesano, Dom Evaldo Carvalho.

 

ORIGEM – As Santas Missões Populares, surgiu nas Comunidades Eclesiais de Base (CEBs). Foi idealizado pelo Pe. Luis Mosconi e teve início no Estado do Pará no ano de 1989, a partir de reuniões entre agendes pastorais e animadores de comunidades em cursos de formação ou em casa dos próprios animadores de comunidades, devido as mazelas que a sociedade vinha sofrendo, os desafios e as perspectivas de vida. Em novembro de 1991 aconteceu a primeira Grande Semana Missionária. Em 1993, com a ajuda da Ir. Dorothy Stang, foi realizado as Santas Missões Populares na área da Transamazônica – Anapu. Para a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), as Santas Missões Populares é um trabalho que mantém a essência da missionariedade da igreja porque vem das bases, não é imposta e com elas a igreja está sempre em estado permanente de missão.

 

Fonte: Paróquia Santa Inês

23/07/2019

Texto e fotos: PASCOM Paroquial.

Imprimir

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *