Seminário São Bonifácio

Quando o Seminário “Santo Antônio” do Regional Nordeste V fechou no início do segundo milênio da cristandade, todas as dioceses do Maranhão tiveram que construir a própria casa de formação. O então bispo da diocese de Viana, dom Xavier Gilles, também foi em busca de uma casa e um terreno que não fosse muito longe do Instituto de Estudos Superiores do Maranhão (IESMA) e encontrou uma antiga casa e uma grande extensão de terra no famoso bairro de São Luís chamado Canto da Fabril. Nos primeiros anos “em 2000” começou a procura de benfeitores e patrocinadores que pudessem ajudar na construção e a providência não deixaram de vir ao encontro do projeto do novo seminário maior da Diocese de Viana.  Dom Xavier Gilles dedicou a casa de formação a São Bonifácio Bispo e Mártir devido à presença na diocese de uma antiga imagem do santo apostolo da Alemanha que foi levada na baixada pelos primeiros missionários jesuítas que fundaram 260 anos atrás (1757) a aldeia de Nossa Senhora da Conceição do Maracu.

As portas do novo seminário se abriram no final do ano de 2005 sendo reitor o padre George Muniz Amaral e com a presença de jovens seminaristas provenientes das paróquias da diocese de Viana e de Zé Doca. A casa de formação ficou funcionando até o ano acadêmico de 2009, quando o reitor foi estudar em Roma e o prédio alugado à uma universidade particular. A partir de então os seminaristas foram enviados em vários seminários no Brasil. O segundo reitor foi nomeado sempre por Dom Xavier Gilles e foi o fidei donum italiano (diocese de Roma) padre Paolo Boumis. Com o mesmo os seminaristas de Viana se uniram aos seminaristas da diocese de Bacabal e foram morar na casa de formação dos mesmos no bairro do Filipinho. O padre Paolo teve que voltar na Itália por motivos de saúde e o novo bispo, Dom Sebastião Lima Duarte nomeou como reitor o padre diocesano da cidade de Buriticupu, Delcimar de França Silva. O seminário se transferiu no bairro do Sá Viana alugando a casa de formação da Diocese de Carolina pra depois comprar uma casa no centro da cidade, em frente ao IESMA.

Depois de dois anos e pouco, o padre reitor teve que ser nomeado pároco e o seminaristas ficaram sozinhos na casa. A situação começou a ficar complicada e quase todos os vocacionados desistiram da caminhada e voltaram para suas próprias casas.

No fevereiro do ano 2015 o bispo manifestou a urgência de nomear um novo reitor. Vista a dificuldade de encontrar um nome que fosse disponível para tal serviço o padre fidei donum italiano (diocese de Cagliari) Giuseppe Luigi Spiga se ofereceu para poder assumir a formação dos seminaristas e a pastoral vocacional em toda a diocese. Os consultores e o bispo aceitaram.

O projeto do novo reitor pedia que si voltasse ao prédio do Canto da Fabril e que se iniciasse uma pastoral vocacional que abrangesse toda a diocese para fazer conhecer as paroquias aos seminaristas e os seminaristas ao povo de Deus. O conselho presbiteral e todo o clero aceitaram e no janeiro de 2016 o novo reitor acolheu na casa em frente ao IESMA “seis” jovens e assim começou um novo percurso. No mesmo ano, o reitor e seminaristas visitaram nos fins de semana as 27 paróquias da diocese conseguindo encontrar muitos jovens e aproximando o seminário ao território diocesano tão distante da capital São Luís (MA).

No dia 26 de outubro 2016 reitor e seminaristas conseguiram voltar ao prédio do Canto da Fabril e lá concluir o ano.

A pastoral vocacional teve grandes resultados, no ano 2017 a comunidade seminarística cresceu e chegou a contar “treze” seminaristas e dando continuidade aos trabalhos no dia 26 de janeiro 2018 começará o novo ano acadêmico com “dezessete” seminaristas.

Texto: Pe. Giuseppe Luigi Spiga (Reitor do Seminário são Bonifácio)

Reitor Pe. Giuseppe Luigi Spiga

Rua: Senador João Pedro – São Luís do Maranhão
Tel: (98) 897222733
E-mail: seminario@diocesedeviana.org.br