Vaticano convoca cúpula de líderes pelo clima global « Diocese de Viana

Notícias › 04/07/2018

Vaticano convoca cúpula de líderes pelo clima global

Líderes políticos e ativistas de base de todo o mundo se unem para sinalizar a urgente necessidade de metas climáticas mais ambiciosas

Nos dias 5 e 6 de julho, o Vaticano sediará uma importante conferência internacional sobre as mudanças climáticas e a ecologia. O motivo da conferência é o terceiro aniversário da Laudato Si’, a histórica carta encíclica do Papa Francisco sobre o meio ambiente.

Na conferência, serão discutidos eventos importantes dos próximos meses, incluindo a conferência da ONU sobre as mudanças climáticas COP24 e a Cúpula Ação Climática Global, entre outros. A participação de regiões majoritariamente católicas, como América Latina, Austrália, Polônia, Filipinas e os estados norte-americanos da Flórida, Ohio e Pensilvânia, será crucial para o sucesso desses eventos.

“Por três anos, a Laudato Si ‘tem sido uma fonte incrível de força e inspiração em nosso trabalho. O que queremos ver agora é um compromisso político real com a justiça climática e uma resposta ativa ao chamado do Papa Francisco com relação ao respeito da nossa casa comum”, afirma Josianne Gauthier, Secretária Geral da CIDSE. “Guiados pela sua coragem, pedimos aos líderes mundiais que assumam compromissos sérios este ano. Um mundo melhor é possível, mas somente se começarmos a colocar as pessoas e o planeta em primeiro lugar!”

Esta conferência proporcionará um espaço para que os líderes políticos e ativistas de base possam formular mais claramente um meio de alcançar tal progresso. Entre os resultados da conferência, espera-se uma declaração do Papa Francisco e declarações de apoio a metas globais mais ambiciosas quanto à emissão de gases de efeito estufa, energia limpa e justiça climática a partir de perspectivas diversas.

“Como diz o Papa Francisco em sua carta encíclica, a crise climática não é apenas uma questão ambiental, mas também humana e ética. A degradação ambiental é acompanhada pela pobreza, pela perda dos meios de subsistência e da perspectiva de um futuro melhor. Nós temos uma responsabilidade para com as próximas gerações. É uma questão urgente alterar nosso excesso de consumo e nos comprometer com o cuidado de nossa casa comum”, destaca Michel Roy, Secretário Geral da Caritas Internationalis.

Esta conferência se realizará semanas após a reunião de junho no Vaticano com executivos de corporações de combustíveis fósseis. Nesse encontro, o Papa Francisco disse aos executivos que “o Acordo de Paris aconselha claramente a manter no subsolo a maior parte do combustível fóssil” e descreveu a urgente necessidade de que se faça progressos concretos para a solução da crise climática.

Diferentes aliados – incluindo políticos, líderes indígenas, jovens ativistas e economistas – estão se unindo sob a visão de ação da Igreja Católica sobre as mudanças climáticas. “Em todo o mundo, as pessoas buscam a liderança na Igreja. O Vaticano e, na verdade, católicos de todo o mundo estão dizendo claramente: a justiça climática é uma questão de fé. Se trabalharmos juntos, poderemos proteger nossos irmãos e irmãs mais vulneráveis das mudanças climáticas e fornecer uma transição justa para a energia limpa aos mineradores e funcionários das petrolíferas. Não há tempo a perder. A crise climática está entre nós, e devemos concretizar as soluções ao nosso alcance agora mesmo”, alerta Tomás Insua, diretor executivo do Movimento Católico Global pelo Clima.

Uma declaração do Vaticano sobre a conferência está disponível aqui.

A conferência será transmitida ao vivo no site laudato-si-conference.com, que também tem o programa completo e as biografias dos palestrantes selecionados. Para ir diretamente ao programa da conferência, incluindo a lista completa de oradores, clique aqui. Os palestrantes incluem:

– Sua Santidade, o Papa Francisco, que falará nesta sexta, 6/7, às 9h30 CEST
– Líderes de negociações internacionais (Dra. Patricia Espinosa, secretária executiva da UNFCCC; Dr. Michał Kurtyka, Presidente da COP24)
– Políticos com uma perspectiva conservadora (Hon. John Gummer, Lord Deben, do Parlamento do Reino Unido; Ministro Jadwiga Emilewicz, do Ministério Polonês de Empreendedorismo e Tecnologia)
– Pensadores econômicos (Prof. Nicholas Stern, da London School of Economics; Sr. Pierre Larrouturou, do Pacte Finance Climat pour l’Europe)
– Jovens organizadores dos continentes da África, América do Sul, Europa, Oceania e Ásia
– Representantes dos movimentos de base (Sr. Bill McKibben, do 350.org; Sr. Naderev Saño, do Greenpeace Sudeste Asiático)
– Autoridades católicas de todo o mundo (Cardeal Pietro Parolin, Secretário do Estado do Vaticano; o cardeal Peter Turkson, presidente do Dicastério para o Serviço do Desenvolvimento Humano Integral; Cardeal Pedro Barreto, Arcebispo de Huancayo, Peru; Cardeal Charles Bo, arcebispo de Yangon, Mianmar; Pe. Robert Athickal, Índia; Pe. Rigobert Minani, República Democrática do Congo)

Recursos digitais

Atualizações em tempo real de citações e fotos da conferência para uso nas redes sociais, estarão aqui.

As redes sociais serão acompanhadas com a hashtag #LaudatoSi3. Modelos de publicações para redes sociais encontram-se aqui.

Um pequeno vídeo sobre a conferência ficará pronto na semana de 9 de julho.

Por Rita Silva/AVIV Comunicação

Imprimir

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *