Notícias › 03/12/2018

Vaticano lança Mês Missionário Extraordinário convocado pelo Papa para 2019

O Prefeito da Congregação para a Evangelização dos Povos, Cardeal Fernando Filoni, foi encarregado de apresentar o Mês Missionário Extraordinário convocado pelo Papa Francisco e que será celebrado em outubro 2019.

Na Sala de Imprensa Santa Sé, na manhã de sexta – feira, 30 de novembro, o Purpurado sublinhou que os missionários devem ser “embaixadores de Cristo” tendo sempre Jesus e a Igreja como referência e não os países de origem.

O Cardeal Filoni destacou a importância da decisão do Santo Padre de ter convocado este Mês Missionário Extraordinário com o objetivo de “despertar ainda mais a consciência missionária da missio ad gentes e de retomar com um novo impulso a transformação missionária da vida e da pastoral”.

Nesse sentido, o Cardeal Filoni citou o Papa Francisco na Exortação Apostólica Evangelii Gaudium, onde estimula a Igreja a não ter medo de fazer “uma opção missionária capaz de transformar tudo para que os costumes, os estilos, os horários, a linguagem e toda a estrutura eclesial se converta em um canal apropriado para a evangelização do mundo atual”.

Além disso, recordou importantes documentos do magistério neste âmbito, como os publicados por São Paulo VI como o decreto Ad Gentes de 1965, a respeito da atividade missionária da Igreja, e a Exortação Apostólica Evangelii Nuntiandi sobre a evangelização no mundo contemporâneo, em 8 de dezembro de 1975 .

O Purpurado italiano também recordou que na sexta-feira foi o aniversário da promulgação da Carta Apostólica Maximum illud sobre a propagação da fé católica em todo o mundo, na qual, em 1919, o Papa Bento XV pediu aos missionários evitar os nacionalismos.

Por sua parte, o presidente das Pontifícias Obras Missionárias (POM) e secretário adjunto da Congregação para a Evangelização dos Povos, Dom Giampietro Dal Toso, ressaltou o tema deste Mês Missionário Extraordinário, “Batizados e enviados. A Igreja de Cristo em missão no mundo”, que destaca que estão chamados à missão “não só os vértices da Igreja, mas todos os batizados”.

“O batizado é um profeta porque se faz Palavra de Deus”, disse Dom Dal Toso e destacou a importância do conteúdo da missão que é “o anúncio de Cristo que salva”. “A Igreja é enviada ao mundo para ajudar a transformá-lo, porque o mundo também precisa deste anúncio”, reiterou.

Lançamento do site oficial

Finalmente, o diretor da agência vaticana Fides, Pe. Fabrizio Meroni apresentou o site oficial do Mês Missionário Extraordinário http://www.october2019.va, que até então está somente em inglês e italiano, mas até o final deste ano também estará disponível em espanhol, francês e português.

Esta iniciativa é um movimento missionário que através deste instrumento também poderá motivar as igrejas locais para que elas mesmas estejam em permanente estado missionário, “que a missão seja o paradigma da própria Igreja”, disse o sacerdote.

Por fim, estará à disposição um manual de preparação para este Mês Missionário Extraordinário, no qual serão apresentados diferentes testemunhos da missão, bem como diferentes temas como os leigos e as famílias em missão no mundo, os consagrados, os movimentos eclesiais, as religiões e culturas no diálogo, a pobreza e a justiça social.

via Aci Digital

Imprimir

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *