Diocese de Viana

(98) 3351-1174

Campanhas e Coletas

QUERIDOS IRMÃOS E IRMÃS

Recebi da nossa Igreja diocesana de Viana, o encargo de coordenar as campanhas e as coletas realizadas ao longo do ano litúrgico. Estas campanhas e coletas visam promover a solidariedade, a partilha e a comunhão entre os fiéis, os bispos e o santo Padre. Esta rede de solidariedade tem sido um gesto eficaz da nossa corresponsabilidade no cuidado pela casa comum e por toda a Igreja.

As campanhas e as coletas da nossa Igreja são:

Visa promover a reflexão, na busca da conversão durante a quaresma, culminando com o gesto concreto da coleta da solidariedade no DOMINGO DE RAMOS. Neste ano será no próximo dia 28 de março. O objetivo é promover e apoiar os projetos sociais da Igreja Católica no Brasil.

Sobre a Campanha da Fraternidade 2021

A Comissão da Campanha da Fraternidade Ecumênica escolheu, no dia 7 de janeiro de 2020, o tema e o lema da Campanha. O tema escolhido foi “Fraternidade e Diálogo: compromisso de amor” e o lema “Cristo é a nossa paz: do que era dividido, fez uma unidade” (Ef. 2.14).

Nos meses seguintes, por meio de concursos, foram escolhidos o Cartaz da CFE, bem como o Hino.

 

A Comissão da CFE

A Comissão da CFE 2021 é formada por representantes das igrejas-membro do CONIC, além da Igreja Betesda de São Paulo, como igreja observadora, e o Centro Ecumênico de Serviços à Evangelização e à Educação Popular (Ceseep), como membro fraterno.

 

Objetivo geral da CFE 2021

Através do diálogo amoroso e do testemunho da unidade na diversidade, inspirados e inspiradas no amor de Cristo, convidar comunidades de fé e pessoas de boa vontade para pensar, avaliar e identificar caminhos para a superação das polarizações e das violências que marcam o mundo atual.

 

Objetivos específicos

  • Denunciar as violências contra pessoas, povos e a Criação, em especial, as que usam o nome de Jesus;
  • Encorajar a justiça para a restauração da dignidade das pessoas, para a superação de conflitos e para alcançar a reconciliação social;
  • Animar o engajamento em ações concretas de amor à pessoa próxima;
  • Promover a conversão para a cultura do amor em lugar da cultura do ódio;
  • Fortalecer e celebrar a convivência ecumênica e inter-religiosa.

 

Coleta Nacional: 28/3/2021 (Domingo de Ramos)

Saiba mais em https://campanhas.cnbb.org.br/

Normalmente é realizada no 3º domingo do advento, neste ano ainda não teve a data da coleta divulgada. Organizada pela CNBB com a finalidade de promover o anuncio do evangelho em nosso País, especialmente nas regiões mais pobres e com pouco presença e assistência  de religiosos e sacerdotes.

Sobre a Campanha para a Evangelização 2020

As diversas coletas e campanhas promovidas pela Igreja no Brasil são momentos de forte sensibilização e mobilização dos fiéis. Ocasião em que a Igreja chama atenção para a vivência da caridade no horizonte da fé cristã. São sinais de co-responsabilidade que manifestam o senso de pertença à comunidade ao mesmo tempo em que oferece os meios necessários para o alívio do sofrimento dos mais pobres.

“Em 2020 o modo de realização das coletas foram impactados pela pandemia da covid-19. O mundo mudou mas nossa missão continua, agora, mais necessária do que nunca. As perspectivas para os próximos meses e anos não são animadoras: aumento da fome, da miséria, do desemprego e de tantas outras situações diante das quais não podemos agir com indiferença e omissão” (Texto-base da Campanha).

Por esta razão a Coleta da Solidariedade e também a Coleta para a Evangelização serão realizadas de modo diferente esse ano. Não somente estas coletas mas também as coletas para os lugares santos e Óbulo de São Pedro sofreram alterações em seu modo de realização.

Neste sentido, o Texto-base da Campanha da Evangelização 2020 ajudará a refletir e a preparar para a realização destas coletas que ocorrerão no segundo semestre de 2020 e que são de fundamental importância para toda a Igreja. “Conscientes do momento difícil que vivemos em nossas comunidades, paróquias e dioceses, somos chamados a colaborar motivados pela generosidade de Cristo” (Texto-base da Campanha).

“É tempo de cuidar da Evangelização!” é o tema da Campanha para a Evangelização deste ano que será realizada em conjunto com a Coleta da Solidariedade. Motivados pelo lema: “Conheceis a generosidade de Cristo.” (2 Cor 8,9), a Igreja no Brasil quer renovar a co-responsabilidade na ação evangelizadora que também necessita de recursos. “Como Igreja somos comunidade que cuida dos pobres; uma comunidade que cuida do anúncio da Palavra; uma comunidade que cuida da vida!” (Texto-base da Campanha).

 

Uma Comunidade que Cuida dos Pobres, do Anúncio da Palavra e da Vida

A Igreja sempre procurou revelar o amor de Cristo por meio da caridade, essência da identidade cristã. Desse amor, nasceram ao longo da história inúmeras ações de cuidado tais como: hospitais, orfanatos, casas de acolhida, auxílio aos necessitados. “Assim, a Igreja se torna presença concreta junto aos pobres, sendo uma voz profética, de denúncia dos sinais de morte, característico de uma sociedade marcada pela indiferença e egoísmo” (Texto-base da Campanha). E para melhor organizar a caridade e servir a vida, em momentos de crise e calamidade, a Igreja sempre convoca todos os fiéis, e com eles homens e mulheres de boa vontade, a fim de unirem-se em torno da solidariedade fraterna em vista daqueles que mais sofrem.

O texto-base não deseja outro fim senão relembrar e redespertar o caminho da caridade vivido pela Igreja e ao mesmo tempo estimular e dá continuidade a inúmeras iniciativas de amor ao próximo, promovidas por meio de duas importantes campanhas realizadas na Igreja do Brasil: Campanha da Fraternidade e a Campanha para a Evangelização. Dessas campanhas, nasceram dois gestos concretos: a coleta da solidariedade, realizada no domingo de Ramos e a coleta para a Evangelização, realizada no 3º domingo do advento.

A Coleta do Bem a ser realizada durante a solenidade de Cristo Rei (21 e 22 de novembro de 2020) será o grande gesto concreto da Campanha “É tempo de cuidar da Evangelização” que tem como objetivo mobilizar a comunidade, os homens e mulheres de boa vontade, a redescobrir a generosidade do amor de Cristo e revelá-la ao mundo por meio desse gesto concreto.

Saiba mais em https://campanhas.cnbb.org.br/

É realizada sempre na sexta-feira santa após o beijo da cruz, Neste ano é dia 2 de abril. Esta coleta é realizada no mundo inteiro em prol dos irmãos que vivem na Terra Santa, em especial a Palestina e no Oriente Médio que passam necessidade e vitimas da perseguição religiosa.

Saiba mais em http://www.comissariadoterrasanta.com.br/

É uma coleta extraordinária que acontecerá na solenidade de Pentecostes, no dia 23 de maio, com o objetivo de ajudar e organizar as pequenas comunidades rurais e as CEBs da nossa diocese.

É a coleta mais antiga da Igreja, tem como objetivo, possibilitar o santo Padre, ajudar os mais necessitados do mundo, as vitimas de catástrofes e as obras de formação dos padres nas áreas mais pobres do mundo, em especial a África, regiões da Ásia e regiões da América Latina. Normalmente a coleta acontece em torno da Solenidade dos Santos Pedro e Paulo, em 29 de Junho. Contudo ainda não foi divulgada a data para a coleta de 2021.

Sempre acontece no último domingo de agosto, mês vocacional, neste ano será dia 29 de Agosto. O objetivo desta coleta é promover a pastoral vocacional e a formação dos nossos seminaristas – futuros padres da nossa diocese.

É uma coleta que acontece em todas as comunidades católicas no mundo inteiro no 4º domingo de outubro – dia mundial das missões – organizada pela Pontifícia Obras Missionárias, tem a finalidade de promover  os trabalhos missionários nas regiões do mundo denominadas “ terras de missão” ou seja lugares marcados por guerras, graves injustiças e pouca presença da igreja católica.

 

Edição 2020

Campanha Missionária de 2021 tem tema e lema

O tema “Jesus Cristo é missão” e o lema “Não podemos deixar de falar sobre o que vimos e ouvimos” (At 4,20) foram aclamados pelos participantes para serem animadores da Campanha Missionária do próximo ano. O lema havia sido escolhido pelo Papa Francisco no último mês, sendo orientador para a escolha do tema pelos presentes na assembleia.

 

Saiba mais em https://www.pom.org.br/

Concluo com as palavras do apostolo Paulo que necessitou da ajuda das comunidades para o anuncio do evangelho e as necessidades dos irmãos. “Quanto à coleta em favor dos santos, façam vocês também como eu ordenei às igrejas da Galácia. No primeiro dia da semana, cada um de vocês reserve o que conseguiu poupar. Assim não será preciso esperar minha chegada para fazer as coleta” (1ºCor. 16, 1-2).

Que o bom Deus nos ajude nesta missão. Um abraço fraternal e minhas orações.

Pe. Antonio Rodrigues