Notícias da Diocese › 02/04/2018

Feliz Páscoa

Queridos presbíteros, queridos diáconos,queridos religiosos e religiosas, queridos seminaristas, leigas e leigos todos da Diocese de Viana: “A paz esteja convosco!” (Jo 20,19)

Nestes dias vamos comemorar o mistério da Paixão, Morte e Ressurreição de Nosso Senhor, como cristãos nos sentimos privilegiados por esta oportunidade anual de poder partilhar com Jesus o percurso por ele cumprido nos últimos dias de sua vida em nossa terra. São passos por Ele feitos e que somos convidados a fazer nossos: “Se alguém quer vir após mim, negue-se a si mesmo, tome a sua cruz, e sigame”. (Mt 16,24) Somos todos vocacionados e vocacionadas a seguir Jesus, não somente com as palavras, nos somente participando das celebrações do Tríduo Pascal, mas com o compromisso de todos os dias, amando a Deus sobre todas as coisas e o próximo como a nós mesmos. Carregando a nossa cruz vamos subir ao monte Calvário com o nosso Salvador e com Ele chamados a morrer ao pecado, deixar morrer os nossos egoismos, os nossos ódios, as nossas fraquesas e fragilidades para nos deixar ressuscitar e ser novas criaturas. Domingo vai começar um tempo novo, o tempo de Páscoa, o desejo é que seja novo e diferente não somente pela liturgia, pela Igreja, mas que seja novo e diferente por cada um de nós: “Portanto, se ressuscitaste com Cristo, procurai as coisas do alto, onde Cristo, está sentado a direita de Deus; aspirai as coisas do alto não às terrenas.” (Col 3,1-2) Será um tempo novo, como nos indica São Paulo na sua carta aos Colossenses, se começaremos procurar as coisas do alto, se deixaremos os egoismos e nos vestiremos da solidariedade, se deixaremos os ódios e calçaremos o amor, a misericórdia, o perdão, se transformaremos as nossas fragilidades e fraquesas em fortaleza e firmeza na frente das tentações e isso será possivel se o diretor da nossa vida será Cristo, se a nossa vontade será correspondente a vontade de Deus. Sejamos protagonistas com Jesus, sabendo annunciar e construir a paz em nossas famílias, em nossas comunidades, em nossos bairros, em nossas cidades; a paz que o Ressuscitado doa aos apostolos nas suas aparições possa nos pertencer, possa ser doada a quem encontraremos e nos prepare à uma nova Pentecostes porque possamos ser sempre mais “Sal da terra e luz do mundo” (Mt 5,13-14)  na Igreja e na sociedade.

Feliz Páscoa, feliz Tempo de Páscoa, feliz vida nova procurando as coisas do alto.

Padre Giuseppe Luigi Spiga

Imprimir

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *